Armas On-Line

Seu Portal sobre Armas, Tiro e Colecionismo na WEB

Página Principal – O Autor

with 1.301 comments

dsc_110611

Armas On-Line – O seu Portal sobre Armas, Tiro e Colecionismo

O autor de Armas On-line, Carlos F P Neto, membro vitalício da NRA (National Rifle Association), é um estudioso de armas de fogo há mais de 50 anos, com ênfase nas peças de emprego militar. Executou trabalhos de consultoria voluntária em alguns museus, como o Museu Paulista (Ipiranga), o Museu Prudente de Moraes (Piracicaba) e o Museu da Convenção de Itú, dentre outros. É também co-fundador e mantenedor do site Atiradores e Colecionadores.  Neste trabalho, aborda-se o assunto Armas de Fogo no que se refere à sua história, colecionismo, preservação das peças, recuperação, tiro esportivo e avaliações técnicas. 

Não incentivamos o uso e manuseio inadequado e ilegal de armas e munições, bem como não comercializamos materiais relativos ao assunto. As informações ou instruções contidas nos artigos só devem ser levadas em conta por pessoas habilitadas e o autor não se responsabiliza por danos causados pela má interpretação destas informações. Lembramos que armas de fogo, munições e equipamentos de recarga são produtos controlados, sejam da alçada da Polícia Federal como do Exército, e que todos tem o dever de se manter rigorosamente dentro do que estabelece a lei.

As revisões periódicas nos artigos estarão devidamente assinaladas junto ao título dos mesmos. O conteúdo do site, textos e material fotográfico, não poderá ser utilizado em meios de divulgação, sejam eles revistas, sites, blogs, jornais, etc., sem a devida autorização do autor, pois é protegido por direitos autorais. Os infratores serão punidos na forma da lei.

REGRAS IMPORTANTES DESSE SITE E COMENTÁRIOS:  

1 – ARMAS ON-LINE não comercializa e não intermedia negociações de armas, peças e acessórios.

2 – Se necessitar de peças ou de assistência técnica, entre em contato com o seu fornecedor ou fabricante. 

3 – O espaço de comentários se destina à enviar elogios, críticas, correções, sugestões ou dúvidas sobre o assunto. Todos os comentários são avaliados; o uso desse canal para anúncios de compra e venda e troca de informações entre leitores, não será permitido. 

4 – Não respondemos perguntas sobre procedimentos ilegais, como adaptações e transformações mecânicas em armas de fogo que permitam utilizar outros cartuchos, alterar seu funcionamento, aceitar dispositivos silenciadores, etc. Comentários que não se encaixam nessas regras são eliminados. 

AVALIAÇÕES E IDENTIFICAÇÕES: Os leitores interessados em fazer avaliações ou identificações de armas de coleção, antigas e de uso pessoal, devem antes de mais nada tomar conhecimento, em nosso menu, da Política de Avaliações e Identificações e concordar com suas regras. 

Obrigado pela visita e aguardamos comentários, críticas e sugestões.

Acesse o Armas Online também em PDF

E-mail: armasonline@gmail.com

São Paulo, Maio de 2009

Utilize os botões abaixo para doar R$ 40,00, caso utilize os serviços de Identificação e Avaliação

 

 

 

Written by Carlos F P Neto

03/08/2009 às 11:51

1.301 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Boa noite. Gostaria de informações sobre uma Luger Navy Militar com número de série 100. Posso enviar as fotos? Desde já agradeço sua atenção.

    Renato

    27/11/2017 at 0:00

  2. Rafael, por favor leia antes a nossa Política de Avaliações, no menu do site.

    Carlos F P Neto

    26/11/2017 at 12:49

  3. Boa noite, tenho um mosquete francês J.P malherbe de 1840, com baioneta, em otimo estado de conservação e funcionando. gostaria de saber quanto vale essa peça??

    Rafael dos santos Pinarelo

    25/11/2017 at 1:00

  4. Olá, amigo. Veja a nossa política de avaliações e identificações, e entre em contato conosco novamente.

    Carlos F P Neto

    20/11/2017 at 17:31

  5. Prezados, boa tarde.

    Possuo uma Luger 1916 funcional, com revisão feita por armeiro autorizado.
    Verifiquei na internet muitos valores de venda, gostaria, se possível, saber qual o valor de mercado desta arma?

    Muito obrigado, fraternalmente!

    Sílvio Hickel do Prado

    Sílvio Hickel do Prado

    16/11/2017 at 16:05

  6. Werley, pelo menos não consta oficialmente que a F.I. tenha produzido espingardas no calibre 32. Como esse cartucho é muito próximo de dimensão, tanto para menor (36) como para maior (28), não faria muito sentido. O cano pode ter sido trocado ou a arma não foi fabricada pela F.I.

    Carlos F P Neto

    21/10/2017 at 18:58

  7. Só vi os relatos da Itajubá calibre 28 e 36 , mas já tive uma calibre 32 , ela tbm é original ou foi mudado o calibre dela ? Tenho fotos se precisar

    Werley

    21/10/2017 at 13:19

  8. Igor, saudações. Na verdade a .38 Treina não é, exatamente, a .38S&W. Aliás, a bem da verdade, a CBC nunca fabricou a munição .38S&W “correta”, sempre utilizou o estojo da .38SPL mais curto, o que é algo ridiculo. Sabemos que a munição .38SPL não tem absolutamente nada a ver com a .38S&W, a começar pelo diâmetro do estojo. O .38SPL possui, na verdade, diâmetro de .357″. Quem possui um cartucho original de .38S&W, produzido nos USA (eu possuo de dois fabricantes, Remington e Winchester), sabe muito bem que esses cartuchos não entram em um tambor de revólver calibre .38SPL. Mas aqui no Brasil a CBC achou “mais produtivo” simplesmente encurtar o estojo e usar as mesmas pontas, sem se importar com o evidente estufamento que esse cartucho sofre ao ser disparado em um revólver originalmente no calibre .38S&W.

    Carlos F P Neto

    20/10/2017 at 15:18

  9. Caro Carlos,

    Na verdade a Mn .38 S&W ainda é fabricada no Brasil, sendo que é denominada pela CBC de “.38 SPL TREINA” (sim, eu sei que é tecnicamente incorreto – mas é exatamente a .38S&W)

    Igor Rocha

    19/10/2017 at 14:35

  10. Alessandro, o número de série fica embaixo do cabo da empunhadura. Se não houver, ou foi eliminado ou o revólver é uma cópia de Smith & Wesson. Não se fabrica mais munição .38S&W aqui no Brasil.

    Carlos F P Neto

    18/10/2017 at 11:48

  11. Bom dia, Achei no cofre de meu avô um Smith & Wesson .38 swc, pelo que vi na net de 1880, ele é niquelado com cabo de madre perola, abre em cima e usa munição de 38 curto.
    Minha duvida é que não encontrei numero de série nele, isso é de fabrica? e munição 38 curto ainda é fabricado?
    Obrigado

    Alessandro Broza

    18/10/2017 at 11:33

  12. Na Página https://armasonline.org/armas-on-line/o-fuzil-automatico-browning-b-a-r/ há um problema de tradução. Consta lá ‘Ordenança dos Exército do Americano’ e ‘Departamento de Ordenança’, que creio estar traduzido de ‘Ordnance’. É um falso cognato. O ‘Departamento de Materiais’ seria uma tradução mais precisa. ‘Ordinance’, note o ‘i’, teria sim uma sentido próximo ao termo em português. Mas não é o caso. Saudações.

    Fabrício Barros

    10/09/2017 at 19:11

  13. Parabéns pelo site! sou blogueiro do Contos de Caçadas- http://www.eloir-mario.blogspot.com numa das minhas publicações falo sobre o calibre .36 e cito uma espingarda de um cano fabricada pela Rossi há muito tempo. Assim sendo, um dos meus leitores solicitou mais detalhes dessa arma e o ano que foi fabricada. Agradeço a resposta e aproveito deixar o recado sobre meu livro recente que fala sobre armas e caçadas- Contos de Caçadas II- e mai: recargamatic@yahoo.com.br

    eloir mario

    30/08/2017 at 13:38

  14. Christian, sim , recebemos e daremos a resposta em breve.

    Carlos F P Neto

    29/07/2017 at 17:04

  15. Olá Carlos ! Perdoe a demora no envio das fotos. Só desejo saber se ficaram legíveis o bastante para vc poder identificá-las. Estou no aguardo dessa resposta para poder fazer o devido pagamento. Um forte abraço . Christian

    Christian

    29/07/2017 at 14:30

  16. De fato é a mais pura verdade, fui cabo artilheiro no contingente de 1975, baseado em Deodoro-RJ e é de lá
    que trago as melhores lembranças da vida

    Paulo Guedes

    25/07/2017 at 10:34

  17. Ary, acho que não há ninguém que tenha feito o serviço militar, que não tenha boas recordações.

    Carlos F P Neto

    24/07/2017 at 13:43

  18. Lembrei do meu tempo de tenente do Exército. Muito bom.

    Ary

    24/07/2017 at 11:01

  19. O lá Carlos !! Boa noite. Só agora pude ver sua resposta. O e-mail é o kandyantiguidades@gmail.com, sendo q já recebi respostas suas no mesmo. As fotos realmente ainda n consegui fotografa-las co maior definição. logo resolverei isti e as enviarei. Um forte abraço Christian

    Christian

    21/07/2017 at 21:28

  20. Rafael, saudações. Entre em contato pelo email armasonline@gmail.com. Obrigado.

    Carlos F P Neto

    20/07/2017 at 21:22

  21. Carlos, eu gostaria de conversar com o senhor sobre um tipo de projétil que um amigo acabou encontrando nas ruas aqui do RJ. Fiquei curioso com os dados que obtive do projétil, mas queria ajuda do senhor, se puder. Desde já, agradeço!

    Rafael Lodi Magri

    20/07/2017 at 20:39

  22. Christian, respondi seu e-mail mas voltou por estar errado. Não recebi suas fotos, também. Abraços.

    Carlos F P Neto

    20/07/2017 at 20:18

  23. Boa Noite caro Carlos. Enviarei as fotos do “mosquete” acompanhadas de uma espada da mesma época, com suas devidas “marcas de prova” . Possuo o “Brown Bess” desmontado,. com punções bem legíveis Inclusive na parte inferior do cano e interior do fecho. Carlos me permita uma indagação . Estou afastado do pessoal aficionado por armaria por mais ou menos 20 anos. E apreciaria saber sobre uma pessoa da qual durante alguns anos tive o privilégio de privar de sua amizade. Esse cidadão é o Walter, WALTER Carvalho MERLING Junior. Espero que ainda esteja por aqui. Agradeço antecipadamente notícias sobre o mesmo. Um forte abraço meu caro. Christian

    Christian

    19/07/2017 at 2:00

  24. Olá amigo, por gentileza, envie boas fotos, principalmente marcações e inscrições, para armasonline@gmail.com.
    Aguarde nosso retorno e após o mesmo, a doação é feita utilizando-se os links em nosso site, do Pag Seguro ou Pay Pal.
    Grande abraço.

    Carlos F P Neto

    18/07/2017 at 11:34

  25. Boa Noite. Possuo uma Brown Bess (elefante encimado por uma coroa) . Gostaria de saber para onde enviar as fotos com o histórico pessoal da peça e como efetuo o pagamento. Desde já agradeço a atenção e disponibilidade. (a peça é um mosquete). Christian

    Christian

    17/07/2017 at 22:55

  26. Prezado Carlos, de acordo com nossas regras o serviço de identificação e avaliação não são gratuitos. Por favor leia nossa Política de Avaliações, no menu do nosso site. Obrigado pelo contato.

    Carlos F P Neto

    12/07/2017 at 14:24

  27. Bom dia amigo. Tenho uma arma antiga, herança de família.
    Gostaria de saber seu valor hoje. E tirar mais algumas dúvidas.
    Meu wathsapp é 71.99148.0460
    Poderíamos conversar?

    Carlos Remígio

    12/07/2017 at 13:02

  28. BALA: Na escola primária 1948, creio que era no Livro Queres Ler tinha dois desenhos , uma com a figura de um caramelo, e outra de um cartucho de munição…E em abas a palavra Bala, para mostrar já aos alunos do 1 ano primário que a palavra Bala poderia se referir a um doce, ou uma munição…E no vocabulário leigo ainda hoje se usa o termo BALA para munição de revolver, pistola e fuzil…No entanto quando entrei no EB, depois PM e ainda depois na Policia Civil, não se usava o termo bala mas sim cartucho e projétil…

    Nelson korb

    07/06/2017 at 11:21

  29. Vitor, se tomarmos o R-105 como base, não vejo problema. A lei não leva em conta a energia, como no caso de armas de fogo, para armas de ar. O importante é ter no máximo 6mm de calibre.

    Carlos F P Neto

    04/06/2017 at 20:16

  30. Boa trade Sr. Carlos, meus parabéns pela site acabei de conhece-lo e ache bem construtivo… Tenho uma duvida que espero confeccionas uma carabina de pressão calibre, pcp ou outro tipo, 5.56mm raiadura16″ por passo com potencia de 165 joules, seria proibido? A lei não é especifica o suficiente em relação potencia e também não encontrei jurisprudência para o caso. já ouviu algum relato de possessos desse caso? Desde já grato pela atenção.

    vitor

    02/06/2017 at 18:07

  31. Bom

    André Luiz de Albuquerque

    24/05/2017 at 22:43

  32. Roberto, o cartucho .357 SIG não é produzido, pelo menos por enquanto, aqui no Brasil. Trata-se de um cartucho muito difícil de ser conseguido por aqui, devido à ainda pouca aceitação junto aos atiradores e por nenhuma dotação por unidades policiais.

    Carlos F P Neto

    23/05/2017 at 12:41

  33. Olá Carlos, com uma dúvida se a Glock G31, calibre .357 se a munição fabricada em nosso pais é a mesma que da nela. Ou terei que importar munição.

    Atenciosamente,

    Roberto

    Roberto Silva Santos

    22/05/2017 at 20:57

  34. Renato, as marcas de prova U coroado e B coroado foram utilizadas nas pistolas Parabellum comerciais entre 1900 e 1908. Abraços.

    Carlos F P Neto

    09/05/2017 at 14:18

  35. Excelente site. Bem estou com a seguinte dúvida me deparei com uma Luger 1900 Dwm 7.65 com duas marcas : B com um desenho de coroa em cima e a baixo U com desenho de uma coroa em cima. O que seriam. Obrigado.

    Renato

    08/05/2017 at 20:43

  36. Nereu, consiga boas fotos e me envie para o email armasonline@gmail.com. Abraços.

    Carlos F P Neto

    03/05/2017 at 17:18

  37. Olá bom dia Carlos. Tenho um colt 38 army special está com a família a mais de 40 anos pelo site da colt ele tem aproximadamente 107 anos não tenho o registro dele mas acredito estar em bom estado de conservação. O cabo original de carvalho os números do registro no tambor e no corpo estão perfeitos e legíveis o cavalo no corpo também está visível. Não tem marcas de pancadas
    .essa arma é colecionavel ou melhor tem valor como armas de coleção?

    Nereu Osmar Furlan

    03/05/2017 at 12:34

  38. Olá Glaucio, não, infelizmente não há fabricantes de armas não funcionais. Com essas leis anti-armamentistas draconianas que temos, certamente seria impensável.

    Carlos F P Neto

    29/04/2017 at 21:28

  39. Olá boa noite. Excelente site com muita informação interessante. Particularmente o artigo sobre as Lugers prendeu minha atenção.
    Gostaria de perguntar se no Brasil temos fabricantes de armas não funcionais, porém com todos os movimentos, verdadeiras réplicas inofensivas, a exemplo de alguns países e de Portugal. Obrigado

    Glaucio

    29/04/2017 at 21:24

  40. Olá, boa noite. Tenho uma Garrucha da CAsa Laporte deixada pelo meu avô, mas gostaria de saber mais sobre ela. Vc pode ajudar?

    SORAIA BALTHAZAR

    19/04/2017 at 0:45

  41. Gostaria de tirar uma dúvida as crabinas mausers 1891 Argentinas tiveram versões em 7mm . Pois as conhecias apenas em 7.65x53mm. Desde já agradeço e parabenizo pelo excelente site.

    Renato

    17/04/2017 at 21:09

  42. Rafael, não existem conceitos diferentes entre as nomenclaturas civis e militares, não. Deve ter havido um grande engano por parte de quem redigiu essa informação.

    Carlos F P Neto

    15/04/2017 at 19:26

  43. Carlos, no meu curso no EB, temos como fogo circular os estojos do tipo Berdan e de fogo central os do tipo Boxer. Antes mesmo de ir pro Exército eu li seu artigo aqui e quando me deparei com essa informação lá, fiquei meio confuso. Existe um consenso perante as nomenclaturas englobando o mundo civil e militar?

    RafaelLodiMagri

    15/04/2017 at 18:19

  44. Prezado Carlos,

    Quanto ao emprego do termo “bala”, dois autores (ambos oficiais de artilharia) esclarecem que se usa este termo apenas para projéteis de armas leves (ou de diâmetro inferior a 15 mm), reservando-se o termo “projéteis” para aqueles de artilharia.

    Os autores em questão são o inglês IAN V. HOGG e o brasileiro MORGADO DA HORA, este último autor de livro sobre Balística Externa editado em 1940.

    Erick Tamberg

    21/03/2017 at 19:38

  45. Parabéns ao Clécio pela pergunta novamente tiro o chapéu para a resposta do Carlos. Sou amante de armas e tenho muitos amigos de forças policiais e militares e assunto vira e mexe vem a tona… OBRIGADO pela relevância que este blog já tomou em suas trocas de experiências.

    Claudio Guimarães

    03/03/2017 at 11:40

  46. Prezado Carlos, muito obrigado pela resposta, pra mim ficou bastante distinto agora quanto ao uso do termo.

    Grande abraço.

    Clécio M. Galinari

    Clécio M. Galinari

    02/03/2017 at 20:58

  47. Clécio, eis aí um assunto que ocorre, vez ou outra, nos papos entre atiradores e amantes das armas. Eu, particularmente, não gosto de usar a palavra bala; porém, receio de que seu uso é correto. Etimiológicamente parece vir do grego “ballo”, que significa lançar, atirar. Note também que os inglêses usam bullet e os franceses, balle. Mas há um porém: normalmente as pessoas leigas usam o termo bala quando se referem ao cartucho completo, e não só para o projétil. Aí eu discordo totalmente. Agora, chamar só a ponta, ou projétil, de bala, até dá para engolir. Como exemplo, “vou colocar essas balas no tambor”… não dá, certo? Enfim, no palavreado corriqueiro, até pode se soltar o termo bala, mas sempre se referindo ao projétil. Textos técnicos, na minha humilde opinião, aí acho que não dá para usar em nenhum caso. Para o conjunto que chamamos de cartucho, o uso da palavra munição é bem aceito, apesar de que acho ele muito genérico. Não sei se ajudei muito.

    Carlos F P Neto

    02/03/2017 at 18:09

  48. Um prazer tê-lo aqui, amigo.

    Carlos F P Neto

    02/03/2017 at 8:58

  49. No comentário que já fiz, esqueci de escrever que fui tenente miliciano de infantaria do exército português de 1977 a 1984, estando na disponibilidade desde essa data.

    amolador

    01/03/2017 at 19:22

  50. Descobri este blog somente hoje e pelo pouco que já li, está ótimo!
    Parabéns ao Carlos Neto!

    amolador

    01/03/2017 at 19:18


ATENÇÂO: Identificação e/ou avaliações de armas, leia primeiro a Política de Avaliações, no final do menu de Artigos. Peças, reparos ou assistência técnica, consulte o fabricante de sua arma; questões sobre esse assunto não serão respondidas.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: